Social Icons

terça-feira, 27 de maio de 2014

Coleção Noites Quentes de Verão - Lynne Graham & Helen Bianchin - Harlequin


Edição Especial da "Harlequin" com duas histórias apaixonantes : "Herança da Paixão" e "Partilha do Amor". Histórias repletas daquilo que amamos em histórias de amor , muito romance, homens quentes e apaixonantes e bebês. Definitivamente meu preconceito acabou e me rendi ao romance de banca, com algumas exceções, é claro!

 http://i62.tinypic.com/120jac7.jpg

.................................................................................................................................................

Calor da Paixão


 http://i60.tinypic.com/iw18ac.jpg
Herança da Paixão de Lynne Graham 
Aristandros Xenakis é uma pantera pronta para dar o bote. Atraente, sombrio e extremamente poderoso, ele em breve sentirá o doce sabor de sua vingança…Ella está desesperada para ter contato com sua sobrinha, mas a guarda é de Aristandros, seu ex-noivo! Sem escolha, aceita a exigência dele e se torna sua amante. Ingênua e inexperiente, Ella não é como as interesseiras que costumam esquentar a cama de Aristandros. Com certeza, será apenas uma questão de tempo até ele se cansar dela…Será? 

 http://i61.tinypic.com/2vun2ud.jpg
 Partilha do Amor de Helen Bianchin 
Taylor Adamson está cara a cara com o homem com quem deve dividir a guarda de seu sobrinho, o insensível e arrogante Dante d'Alessandri. E ele não dará trégua. A princípio, Dante vê Taylor apenas como uma babá, mas logo percebe que ela poderia desempenhar uma função mais prazerosa… em seu quarto. O implacável italiano quer descobrir até onde Taylor é capaz de se sacrificar pelo bem de seu sobrinho…e apostará alto!


********
t
Vou dar meu pitaco apenas no primeiro livro, pois o segundo ainda não li.  Fica para uma outra ocasião.

CONTÉM SPOILERS

Sete anos atrás...


Ella estava na escola de medicina, e durante um mês ela namorou o magnata 
grego , Aristandros Xenakis (Ari). Ele a pediu em casamento, mas somente se ela saisse da escola de medicina para ser dona de casa em tempo integral. Ela disse que não e eles se separaram. Ele continuou a viver sua vida de milionário solteiro e dormiu com muitas mulheres deslumbrantes o tempo todo. Ella tornou-se médica e em todo esse tempo não se envolveu sexualmente com outro homem. Lembrando que toda a família de Ella a odeia porque não quis abandonar a faculdade de medicina para se casar com um bilionário .

Sete anos mais tarde... 


Sua irmã e seu cunhado Bil, que é primo de Aristandros, morrem em um acidente de carro e deixam  sua filha Callie aos cuidados de Ari. Callie,  na verdade é filha biológica de Ella, porque sua irmã não podia ter filhos, então Ella doou seus óvulos para inseminação . Ella nunca conheceu a sobrinha / filha Callie porque assim que a irmã teve o bebê, disse para Ella que ela visse a criança, pois  não queria queria que ambas se afeiçoassem ou que Ella um dia quisesse levar seu bebê. 

Agora que os seus pais de Callie estão mortos Ella quer conhecê-la e quem sabe tornar-se parte de sua vida, mas para que isso aconteça ela tem que passar por Aristandros primeiro.
Ari então encontra seu momento de vingança, que ele tem alimentado durante esses anos e diz que só concederá o que Ella deseja se ela assinar um contrato. No contrato ele exige que ela deixe de ser um médica, more com ele e que seja sua amante, e que deve dar-lhe a “qualquer momento e lugar ” o sexo ele quiser, só assim poderá cuidar de Callie.
Ella fica indignada mas no final assina o maldito contrato, deixa sua casa, carreira e torna-se tipo uma prostituta exclusiva do milionário grego. 

Aí vem minha indignação. É claro que eu teria que ter um porém, senão não seria eu. 
Depois de ler isso eu pensei que talvez a autora seja uma mulher que odeia mulheres. Eu não consigo entender por que uma mulher iria escrever uma história de romance sobre um completo idiota como Ari e fazê-lo parecer um heroi e faria de uma personagem totalmente normal como Ella parecer uma idiota o tempo todo? Eu mencionei que tudo no livro é culpa dela? Pois é o que a autora faz. 
Não suporto a ideia de algumas autoras tentarem fazer de suas mocinhas, idiotas totalmente dependentes de seus homens em todos os sentidos. O que há de errado com uma protagonista forte, decidida, independente e bem sucedida profissionalmente? Será que  pensam que os homens só gostam de mulheres dependentes, inseguras e fracassadas? Inferno! Pronto falei! 

Voltando a história, Ella torna-se sua amante e eles têm muito sexo quente, embora existam muitas falhas de comunicação entre eles, o que impede que se entendam. Mais tarde descobrimos o verdadeiro motivo de Ella ter tanto medo de se envolver com Ari. 
Deixando minha indignação de lado, pois no final das contas Ari, de certa forma, se redime , graças à Deus. A história é legal e como um bom romance de banca faz aquilo que lhe é pressuposto, nos diverte. E este romance cumpre seu papel, por isso eu recomendo.



"É claro que não sou apaixonada por ele - retrucou Ella - Não temos absolutamente nada em comum. Ele é frio, egoísta e arrogante, e eu nunca poderia gostar de um homem assim!

Por outro lado - acrescentou Aristrandros, entrando no quarto sem aviso e fazendo-a derrubar o telefone com o susto - , sou muito rico, muito inteligente e muito bom na cama... uma combinação que parece mantê-la bem entretida,*khriso mou."

*khriso mou = em grego significa algo como "meu docinho"



Fonte:  Skoob


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat