Social Icons

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Trilogia The Wild Side - R K Lilley


http://i60.tinypic.com/2cn9g7s.jpg


The Wild Side  -  livro 1


Alasdair Masters está uma bagunça. Ele simplesmente acabou de completar quarenta anos, tem sido quase celibatário durante o ano passado, e sua vida se transformou em uma sequência diária de padrões solitários que giram em torno evitando o contato humano.
Sua vida certinha se vira de cabeça para baixo quando uma jovem loira quente da academia que ele sempre admirava decide abalar seu mundo. A muito jovem loira. Muito, muito jovem para ele. O problema é que ele não consegue dizer não para ela, e ela simplesmente continua voltando para mais. Não ajuda que ele está noventa por cento certo de que ela é uma criminosa, e ainda assim, ele não consegue deixa-la.
Ele acha que ela vai dar-lhe um ataque cardíaco, mas depois de seu casamento de vinte anos terminou há um ano, ele tem sido um pouco perdido, e quando ela vem bater em sua vida, ele percebe que ele nunca me senti mais vivo.
É em um passeio no lado selvagem que ele irá encontrar o caminho certo ou um desastre iminente? É possível que alguém muito mais jovem do que ele apenas goste dele por ele mesmo, ou ela é uma aproveitadora, como todo mundo continua lhe dizendo? São seus hormônios lhe dizendo que a misteriosa mulher mais jovem é a única, ou pode ser algo mais?

http://i58.tinypic.com/igf6lg.jpg


Iris  -  livro 2


Você está pronto para uma troca?
Quem é Iris? De onde ela vem? Para onde ela foi?
Alasdair Masters tem mais perguntas do que respostas sobre a sua nova e muito jovem obsessão, e quando ele descobrir que ela esteve mentindo para ele, desde o seu primeiro encontro até o último, ele ficará mais confuso do que nunca sobre seus sentimentos e suas intenções.
Seus próprios sentimentos ficaram tão confusos. Será que ele transformou algo puramente físico em algo emocional em sua própria cabeça? Nada disso é mútuo? A única coisa que ele não questiona é se ele vai continuar voltando para mais.
Dair - Eu, eu era simples. Eu estava a fim. Uma máquina eficiente muito legal que funcionou com nada além de ar.
Eu além de qualquer outra pessoa, bem, esse é outro assunto. Iris e eu, éramos uma maquina mutante, com todas as engrenagens rodando em velocidades diferentes, algumas girando fora de suas dobradiças, apenas ficando louco, mas foi uma loucura maravilhosa, em plena aceleração, falhando em todas as direções.
Era maravilhoso e terrível. Eu estava quebrando, e me senti incrível. E aterrorizado.

http://i57.tinypic.com/20tm5op.jpg


Dair  -  livro 3


Você está pronto para a verdade? 
Eu comecei a escrever tudo sobre a sua queda. Eu não quero esquecer. A cor do seu cabelo. A profundidade de seus olhos. A forma obstinada de sua mandíbula. A forma como seus lábios se moviam em volta das palavras com tal expressão. A forma como a sua voz fazia meu peito doer. O jeito que ela dava conselhos além de seus anos. O jeito que ela ouvia e se preocupava com cada palavra. O jeito que ela fazia eu me sentir vivo. Cada curva de seu corpo foi gravada, em minha mente, e agora no meu disco rígido.
Houve um pouco de verdade em cada mentira, e mesmo que só tinham me alimentado nos menores detalhes, eu queria, precisava me lembrar sobre a verdadeira Iris.
Porque no final, havia uma coisa irrefutável que eu não podia negar. Refém ou prostituta, pecadora ou santa, o que ela era ou não, se ela mentiu na minha cara ou me insultou com dicas de verdade, tudo isso parecia sempre adiar para o fato mais pertinente na minha mente.
Ela era minha. Inconcebivelmente. Inegavelmente. Minha. Após mais uma descoberta chocante, seguida de uma carta.




Fonte:  Goodreads

Nenhum comentário :

Postar um comentário

CAROS LEITORES:
ESTE ESPAÇO DESTINA-SE APENAS A COMENTÁRIOS SOBRE POSTAGENS.

EQUIPE CLC



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat