Social Icons

terça-feira, 25 de julho de 2017

Duologia Rio de Janeiro - Dudaah Fonseca



 https://4.bp.blogspot.com/-pNpu7oFlgGc/VoivTmvjgjI/AAAAAAAATEc/w6tj4AlRQP4/s1600/Rio%2Bde%2Bjaneiro%2B1%2Bcapa.jpg

O Executivo - livro 1


Maria Ísis Persa desde pequena se dedicou à dança contemporânea. Quando completou 17 anos, conseguiu ser uma das bailarinas da companhia de dança Acordes. Desde então se tornou uma das principais bailarinas da companhia ganhando destaque. 
Depois de sofrer uma decepção com seu ex-namorado, decidiu seguir em frente. Para comemorar a volta ao seu país, Brasil, decidiu sair com seus irmãos. Nessa noite quente do Rio de Janeiro, encontra o charmoso e másculo Dominic e entrega-se a uma noite de prazer, mesmo não sendo o que sonhou. 
Dominic Otto é um dos principais executivos do país. Dono de uma das maiores empresas de construção civil que se expandiu em outros países. Aos 32 anos, não pensa em casar e ter filhos, a única mulher que gostaria de construir uma família o deixou sem explicações. Seus dias são cercados por uma sombra manchada de seu passado que até hoje tenta entender o que houve para seus planos saírem dos trilhos e tornar-se um homem frio.

 https://2.bp.blogspot.com/-xpZXtp4oKkM/V2NrP3NiMPI/AAAAAAAAZTg/KFog1rubjOIiPXQVBl27GqvmtyDot66TACLcB/s320/Rio%2Bde%2BJaneiro%2B2.jpg

O meu jeito de amar - livro 2


Maria Helena cresceu num ambiente familiar estruturado cercado de carinho, amor e respeito. Sempre teve tudo aos seus pés, com seu jeito tímido não tem muitos amigos, prefere estar em sua calmaria. Sempre admirou sua mãe ensaiando e ensinando a dança contemporânea e decidiu seguir os mesmos passos. 
Aos treze anos de idade teve sua primeira paixão, um amor de menina. Com o passar do tempo, veio como um frenesi ao notar que o amor de menina se transformou em um amor de mulher. 
Thiago Oliveira cresceu cercado pelas drogas, violência e tudo que era considerado "sujo" perante a sociedade. Desde seus treze anos, aprendeu a trabalhar para ter o sustento para si e sua mãe. Aos dezessete anos, surgiu uma proposta tentadora que até hoje não conseguiu abrir os "cadeados". O que o faz esquecer os problemas é a dança contemporânea que transmite seus sentimentos ruins e bons, em que ele pode ser ele mesmo sem ser julgado. 
Maria Helena e Thiago mostraram o “jeito deles de amar".




Para adquirir o livro, clique em  Amazon.


Fonte:  Goodreads
Postado por Silvia /  Matéria Cintia

2 comentários :

Dani Buzzo disse...

Estou de volta, meus amores... bom... eu tenho fama de ser crítica ao extremo, mas só tem uma palavra para descrever a situação da nossa protagonista nesse livro " O Executivo"....HUMILHANTE !!!!!!!!!!!!!!! Geralmente os romancistas descrevem suas protagonistas como um bando de bestas quadradas, mas essa foi além de qualquer razão... só vocês lendo para entenderem o que eu estou falando.

Quem em sã consciência se deixa ser humilhada, usada, traída, enganada e pois, ainda aceita o infeliz de volta??? Esse Dominic foi tudo de ruim que uma mulher pode encontrar na vida e mesmo assim, no fim ainda saiu ganhando. Não entendi nada, porque a história foi rápida, inconsistente, descrevendo um perfil para o Dominic de total horror !!! um homem que depois de 5 anos de um término, ainda era um imbecil apaixonado e se negava a enxergar a verdade (que a mulher era na verdade uma puta egoísta e oportunista) por simples estupidez... e uma Maria Isis totalmente anulada como mulher, sem amor e vontade própria, aceitando tudo e se colocando em situações estúpidas além da razão.

No fim do livro, o infeliz decide que ama de verdade a Isis e se arrepende de tudo o que fez, e olha que não fez pouco, pois até traição desde a Lua de Mel ele cometeu, mas me digam se um homem que ignora até a gravidez de sua mulher e nunca acompanhou a um exame e nem ao menos estava presente no parto por solicitação da amante, ficando ausente de sua vida por meses, merece perdão?

Sinto muito meninas, mas na minha opinião, arrependimento e atá mesmo qualquer nível de sofrimento não são suficientes para qualquer pessoa perdoar isso. Por mim, ele poderia chorar, se borrar, sofrer, rastejar... morrerrrrrrr que nunca mais chegaria perto de mim. Esse homem que nunca deu o menor valor para o filho na barriga e até mesmo quando recebeu a notícia da gravidez a acusou de oportunista e repudiou o filho... no final, depois que os viu nascidos, tem a audácia de se mostrar o PAI DO ANO... agora ele se importa????? está de brincadeira???? por mim, ele teria brigado muito na justiça para ter apenas o direito a visitas com datas e horas estipuladas pelo Juiz.... ele não ameaçou que faria teste de DNA quando ela deu a notícia? pois então, teria que requerer na justiça, o direito de se chamar de pai dos meus filhos e até então, não teria nem o seu nome nas certidões !!! MEU NOME É CÁ TE ESPERO. As pessoas têm o hábito de dizer: "mas ele se arrependeu no final" e aí eu respondo: "De que adianta isso"? esse tipo de mordida, nenhum assopro do mundo me faria esquecer. Ele ficou triste? sofreu? QUE MOOOORRRRAAAAA !!!!!!SERIA MENOS UM TRASTE NO MUNDO... MAS O QUE A AUTORA FEZ? tentou nos convencer de que ele era um bom homem... ele só estava traumatizado e precisava de análise... então, na opinião de vocês, lavou tá novo??

Por favor !!! essa não me desce.

De qualquer forma galera, não posso dizer que o livro tenha sido rico de conteúdo e uma trama envolvente, mas posso dizer que foi além de irritante ... quase desisti de ler até o final. Mas como cada um tem a o seu ponto de vista, leiam o livro e deixem suas impressões.

Bjs e boa leitura !!!

Sofia disse...

Adorei..desde a historia dos pais e dos seus ciúmes, a busca do amor dos filhores!!! Gostei...recomendo

Postar um comentário

CAROS LEITORES:
ESTE ESPAÇO DESTINA-SE APENAS A COMENTÁRIOS SOBRE POSTAGENS.

EQUIPE CLC



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat