Social Icons

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Trilogia Perverta-me - Anna Zaires



 https://2.bp.blogspot.com/-Ukequ29VipU/Wl_MP_o9WHI/AAAAAAAAno0/AOHLiTV-YPMYCxHFdVJGOasKVcqqRCYzgCLcBGAs/s320/Twist%2BMe%2B1%2B%2528capa%2Bnova%2529.jpg

Perverta-me - livro 1


Sequestrada. Levada para uma ilha particular. 

Nunca achei que isso poderia acontecer comigo. Nunca imaginei que um encontro casual na noite do meu aniversário de dezoito anos mudaria minha vida tão completamente. 
Agora pertenço a ele. 
A Julian
A um homem que é tão implacável quanto bonito. 
Um homem cujo toque me deixa em chamas. 
Um homem cuja ternura é mais arrasadora do que sua crueldade. 
Meu sequestrador é um enigma. 
Não sei quem ele é nem por que me sequestrou. 
Há uma escuridão dentro dele, uma escuridão que me assusta, mas que também me atrai. 
Meu nome é Nora Leston e esta é minha história.

 https://1.bp.blogspot.com/-FsXV9yFKQrc/WufaKpvfiQI/AAAAAAAAquI/WViUI48imk0cNoVi6l3SpPIxTYy84gWPQCLcBGAs/s320/Perverta-me%2B2.jpg

Fique comigo - livro 2


Sequestrada aos dezoito anos. Mantida cativa por 15 meses. 

Parece uma manchete. E sim, eu fiz isto. 
Roubei Nora, dos cabelos escuros longos e pele sedosa. 
Ela é minha fraqueza, minha obsessão. 
Eu não sou um homem bom. 
Nunca fingi ser. 
Ela pode me amar, mas não pode me mudar. 
No entanto, eu posso mudá-la.


 https://2.bp.blogspot.com/-GELRyWdtNjs/Wzbvr62GoyI/AAAAAAAAsBU/z1lHOufDhVwtTYuE0-xBen6Sd1aes2SfwCLcBGAs/s320/Perverta-me%2B3.jpg

Segure-me - livro 3


Sequestrador e prisioneira. Amantes. Almas gêmeas. 

Somos tudo isso e muito mais. 
Achamos que tínhamos passado pelo pior. 
Achamos que finalmente teríamos uma chance. 
Estávamos errados. 
Somos Nora e Julian, e esta é nossa história.  


Aviso: Esta não é uma  trilogia de tradicional. Ela contém assuntos perturbadores, incluindo temas de consentimento questionável e Síndrome de Estocolmo, bem como conteúdo sexual explícito.


Resenha da leitora Dani Buzzo



Eu já tinha lido essa seria há mais de um ano. Para resumir bem, a história é sobre rapto, abuso, cativeiro e a Síndrome de Estocolmo. Os três livros se propõem a fazer com que o leitor sinta muitas emoções misturadas e entenda o que ocorre na cabeça da vítima ao se sentir protegida pelo seu próprio algoz. 

Não há nada leve desde o primeiro até o último capítulo e é a primeira vez que eu vejo a autora não tentar dourar a pílula, transformando o algoz em um homem regenerado no final. O que, vamos combinar, é muita loucura, esperar que um sociopata seja transformado. Então, polêmicas à parte, tenho que dizer que a autora atingiu o seu objetivo de forma brilhante!!! 

Eu amei a primeira vez que li e consegui amar novamente agora. A série tem uma pitada de tudo e, embora cause asco e revolta, retrata a realidade de um tema muito discutido. O Julian era uma pessoa doente, mas, como a maioria dos sociopatas, era extremamente inteligente e, mesmo sem nenhuma formação em psicologia, usava a manipulação da mente humana de forma eficaz. 

Ele planejou que, embora a sua vítima o odiasse pelo que fez, ela iria passar a amá-lo pelo simples caprino de sua mente desviada e carente, mas sabendo que ele também estaria sujeito a mesma emoção. 

No início do livro, temos a impressão de que ele é um psicopata, pois apresenta total falta de sentimentos, como arrependimento, amor, sofrimento... mas eu o elevei à categoria de sociopata, pelo amor que ele foi capaz de sentir por algumas pessoas em sua história de vida. O fato é que Julian manipula, obriga, pressiona, chantageia e é capaz das mais diversas atrocidades para conseguir o que quer, sem jamais se arrepender. Já a Nora, eu nem vou comentar, porque foi uma mera marionete nas mãos do único personagem que conta nesse livro. 

Fora o estupro “consentido”, porque uma vítima que geme e goza mais de uma vez e depois ainda tem a coragem de sentir falta do maldito não é vítima que se preze, né? 

O que me chamou a atenção é que os soldados do Julian, embora sejam muitos e muito bem treinados, em todas as batalhas, caem como moscas no Baygon. 

O que mais choca, mesmo que Nora aceite rápido demais a situação para o meu gosto, é o fato dela não ter opção alguma, pois ele, até o último capítulo, diz que jamais a deixaria ir e a encontraria em qualquer lugar no mundo. 

Agora, muitas de vocês vão dizer: quem não queria ser sequestrada por um fora da lei, milionário e Deus grego, apenas para o bel prazer sexual dele? Ficar em lugares luxuosos, comer as melhores comidas, não precisar mover um dedinho para nada e ainda ser tratada como princesa??? Pois experimente viver em uma gaiola de ouro... ter o seu direito de escolha tirado de você... 

Confesso que, do início ao fim do livro, torci para ele morrer e ela conseguir se libertar daquela doença escrota... Os que mais sofreram com tudo isso foram os pais da Nora (não queria estar na pele deles, tendo que aceitar no seio de sua família, um sociopata cruel e maníaco) e não ela, que vamos combinar, tinha um fogo no rabo inacreditável, para uma garota que até uns dias atrás era virgem. 

Bem, meninas, deliciem-se com essa pérola polêmica. Vale muito a pena ler!!!







Trilogia indicada por Márcia Helena. 
Obrigada, querida!!!

Para adquirir os livros, clique em  Amazon.

Fonte: Goodreads / Amazon
Postado por Silvia

Nenhum comentário :

Postar um comentário

CAROS LEITORES:
ESTE ESPAÇO DESTINA-SE APENAS A COMENTÁRIOS SOBRE POSTAGENS.

EQUIPE CLC



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat