Social Icons

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Série Big Rock - Lauren Blakely



 https://3.bp.blogspot.com/-2uexOkzsCUM/WS0FsPI2MyI/AAAAAAAAhqA/hzkgdCOsNVUy6nTggk6vOvDUkoQ2v7Z8ACLcB/s1600/big-rock.jpg

Big Rock - livro 1


Ele tem todos os talentos. 
Algumas vezes, tamanho é documento.

“A maioria dos homens não entendem as mulheres.”

Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam. 
E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?” 
Quer dizer, a vida ERA assim. 
Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo. 
Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.


“Este livro é o mais divertido que li nos últimos anos. Spencer é um herói perfeito: macho alfa com dez tons de charme, muitos centímetros de prazer e o oposto de um cretino. Cada página me fazia sorrir e, no momento em que fechava o livro, era o meu marido quem estava a ponto de sorrir também.” 
CD REISS 
Autora da Série "SUBMISSION"






Resenha da Bel



Contém Spoilers!!!


Li o livro em inglês no final do ano passado e aproveitei o lançamento no Brasil para fazer esta resenha. 
O livro é uma delícia, uma leitura leve, divertida, com muitos momentos hilários e alguns "Owns" de fofura no final. 
Na leitura do Prólogo, achei que não iria gostar do livro, pois Spencer passa da conta no quesito arrogância, chega a ser irritante. Mas, conhecendo a história, você perceberá que toda essa autoconfiança faz parte do seu charme. Seu senso de humor também é uma de suas características marcantes, além do imenso amor por sua família. 

O livro é narrado na primeira pessoa sob o ponto de vista de Spencer Holiday. Acho muito interessantes os livros narrados sob a perspectiva masculina, principalmente os escritos por mulheres. Apesar de ser um terreno meio perigoso e, mesmo tendo, em alguns momentos, questionado: "será que é assim que os homens pensam?", no geral, foi bastante convincente. Este livro me fez lembrar Tangled, de Emma Chase. Embora Drew e Spencer compartilhem o mesmo bom humor e altas doses de arrogância, as semelhanças terminam aí. Drew é extremamente exagerado em seus sentimentos e atitudes, a "rainha do drama", nesse caso "rei". Spencer é mais desencanado, apesar de também ter sua pequena dose de drama. 

Spencer Holiday é um playboy conquistador que se autoproclama especialista em mulheres. Coleciona relações rápidas e sem amarras. Bonito, rico, sexy, arrogante e orgulhoso de certa parte de sua anatomia masculina, da qual não cansa de se vangloriar. 

"Meu pau é fodidamente incrível." 


"Eu tenho uma compreensão enciclopédica do que uma mulher quer... e dou a ela. Eu consegui fluência total na linguagem corporal feminina, as pistas e os gestos." 

Apesar de sua arrogância e o fato de não querer um relacionamento sério, Spencer, no final das contas, é um bom rapaz, que respeita as mulheres. Trata-as muito bem, um perfeito cavalheiro. Suas relações são saudáveis, sem problemas, traumas do passado, sem possessividade. Ele quer apenas curtir o momento e garantir que seja extremamente prazeroso para ambos. 

Apesar de vir de uma família rica, ele é muito bem sucedido e fez sua própria fortuna ao criar um aplicativo de relacionamentos. Isso permitiu que realizasse seu verdadeiro sonho com sua melhor amiga Charlotte - abrir um bar, o Lucky Spot, um dos lugares mais frequentados e badalados de Nova York. 
Seu pai é dono de uma das maiores joalherias do mundo, a Katherine's, e decide vender o negócio, se aposentar e assim passar mais tempo com a esposa. Ele encontra um potencial comprador, um empresário bastante conservador e muito apegado aos valores morai e familiares. Esse é um problema, pois a fama e a reputação de Spencer podem atrapalhar o desfecho do negócio. 

Spencer tem uma "brilhante ideia", que ele acredita que vá ajudar a concretizar a venda da joalheria da família. Ele diz a seu pai e ao potencial comprador que está noivo de sua melhor amiga, Charlotte, pois acha que isso vá melhorar sua imagem e assim convencer o comprador que ele é um homem sério e comprometido.

Charlotte e Spencer têm uma relação maravilhosa de amizade e trabalho. Eles se conhecem desde a escola e desde então não se separaram. Charlotte topa ajudar o amigo fingindo ser sua noiva, mas para que a coisa funcione, eles criam um conjunto de regras básicas para seu falso noivado: sem se apaixonar, sem estranheza. 

O que começa como um favor, rapidamente se desenvolve em algo mais, e eles passam de um falso noivado, para sentimentos reais. O desenrolar desse processo, além de muito divertido, é muito fofo também. As regras que eles estabeleceram caem por terra... Bem, estava na cara que isso iria acontecer. 

Spencer não sabe o que fazer consigo mesmo, nem com o desejo e os sentimentos que começam aflorar por Charlotte. Ele se encontra em um impasse, pois teme perder sua melhor amiga, mas o que fazer se ele não consegue ficar longe dela?

É então que percebo que minhas palmas estão suando. 
Merda sagrada. Eu estou nervoso.
Estou fodidamente nervoso, e isso não é aceitável. 
Eu não fico nervoso antes do sexo. 
Eu sou uma estrela do rock nos lençóis. Eu sou todo confiança, todo habilidade, e todos focados na mulher. Charlotte não está recebendo nada menos do que o meu jogo A. Inferno, ela está recebendo nada menos do que um jogo A- plus... 
... Eu vou dar a Charlotte o prazer mais sensacional que já experimentou em sua vida. 

Enfim, o plot é clichê, o final é clichê (ainda bem!), nada de novo, o diferencial está na escrita da autora que é deliciosa.
Para quem não está à procura de uma leitura intensa e profunda, quer apenas relaxar e dar boas risadas, essa é uma boa pedida. Uma comédia romântica apimentada que cumpre aquilo a que se propõe: divertir

A editora manteve a capa e o título original. O interessante é que a capa foi projetada de forma que a letra "r" de rock sugestivamente se pareça com um "c" e então ficaria "Big Cock" (Grande Pau ou algo assim kkkk). Aí está a tirada inteligente, que fica a cargo da imaginação de quem vê, se o título se refere a grande pedra do anel de noivado de Charlotte ou ao grande equipamento de Spencer. 

Adorei o livro, Amei o Spencer e Super Recomendo!!!

 https://3.bp.blogspot.com/-WhG3nAvHvGc/Ws7O7LC_ZbI/AAAAAAAAqQc/NwO6yrk3c1k2EK7sxHayWRSBnhcCRScgACLcBGAs/s1600/Big%2BRock%2B2--%2BLauren%2BBlakely.jpg

  Mister O - livro 2


Ele É o Herói Mais Desejado. 
Dar Prazer É o Seu Superpoder

Nick Hammer tem a vida que todo cara sempre sonhou: dinheiro e mulheres lindas aos seus pés, que não esperam nada em troca além do melhor sexo de suas vidas. E tudo isso graças ao seu personagem, Mister Orgasmo, que saiu das páginas dos gibis para ganhar um programa na televisão. Agora Nick se tornou o mentor sexual de homens ao redor do mundo e o objeto de desejo de todas as mulheres. Para para Nick, e seu alter ego Mister O, a receita é simples: dar prazer, sempre! 
Mas tudo isso pode estar em risco quando um pedido acontece. Harper, A irmã de seu melhor amigo, Spencer Holiday, também quer aprender as valiosas lições de Nick e Mister O. Harper é divertida, inteligente, linda e irresistivelmente sexy. E lutar contra o desejo de ter ela em sua cama será o pior pesadelo de Nick. 
Mister O vai conseguir “salvar” essa mocinha e ainda não ferrar a relação com o seu melhor amigo? 
Um romance divertido, leve, sexy e que vai arrancar suspiros dos leitores. Afinal, não dizem que o amor e a amizade andam lado a lado? Talvez eles até possam dormir na mesma cama.




 https://2.bp.blogspot.com/-uPz_oEj8B7I/Ws7O8CkCOlI/AAAAAAAAqQg/BHPoumoiw50Syrp9_fyoEiEnb_cjVs4DgCLcBGAs/s1600/Big%2BRock%2B3-%2BLauren%2BBlakely.jpg

Well Hung - livro 3


Aqui está o que você precisa saber sobre mim - eu sou bem sucedido, bem dotado e rápido com uma piada. Mulheres gostam de um cara que as fazem rir - e não me refiro ao tamanho do pau dele. Não, elas querem alguém engraçado com um rosto de sucesso... sem mencionar leal. Eu tenho tudo isso, além de uma grande conta bancária, graças à expansão da minha empresa de construção. Sim. Eu sei como usar todas as minhas ferramentas. 

Entra Natalie
Gostosa, sexy, inteligente e minha nova assistente. 
O que a torna totalmente fora dos limites... ei, eu sou um bom rapaz. 
Sério. Eu faço o meu melhor para ficar longe desse tipo de tentação que ela traz para o trabalho. 
Até uma noite em Vegas... sim, você já ouviu essa antes. 
Más notícias nos negócios, afogamos nossas tristezas em muito Harvey Wallbangers, e, então, eu estou transando com ela. 
No meu quarto de hotel. 
No quarto de hotel dela. 
Atrás da máquina caça-níqueis Titanic no Flamingo (não pergunte). 
E antes que eu possa fazê-la dizer ‘Oh Deus bem aí, SIM!’ mais uma vez, nós dois estamos dizendo sim - o grande sim - em uma capela de beira de estrada, na frente de um cara com costeletas postiças e em um leisure suit dourado brilhante. 
Mas acabou que o que aconteceu em Vegas não ficou em Vegas. E agora o meu pau não fica em minhas calças quando ela está por perto. 
Eu tento resistir. 
Honestamente. 
Mas quanto mais nós tentamos manter nossas mãos para nós mesmos, mais acabamos nus novamente, e mais tempo eu quero passar com ela completamente vestida também. 
A questão agora é... eu aceito esta mulher como a minha ex esposa?







Série Completa / Capas Originais



 https://2.bp.blogspot.com/-IVFiT6QnbAE/WS5FdesDihI/AAAAAAAAhsk/mdV_N5gZ9w4wi_rj62Nzt8gf8Q9Yct8hACLcB/s1600/lb-vert.jpg

A Faro Editorial adquiriu os direitos de publicação de "Big Rock" e "Mister O" no Brasil. Quanto aos demais livros, ainda não há informação se serão lançados em Português.

Para adquirir os livros, clique em  Amazon

Livros lançados apenas em formato Impresso


Postado por Bel e Silvia

2 comentários :

alice Fernandes disse...

li e amei demais

Priscila Coelho disse...

Adoro esse tema de noivado falso em que o casal se apaixona, já quero!

Postar um comentário

CAROS LEITORES:
ESTE ESPAÇO DESTINA-SE APENAS A COMENTÁRIOS SOBRE POSTAGENS.

EQUIPE CLC



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat