Social Icons

domingo, 25 de outubro de 2015

Sempre Libera - Lucinda Gray



 https://2.bp.blogspot.com/-dVtmLm49kMA/Vi1c-7vgp3I/AAAAAAAAPb4/MUEFmb8vXNc/s1600/Sempre%2Bliberta%2Bcapa.jpg

Sempre Libera


Gades é a escrava do romano que devastou sua cidade, o homem que assassinou seus amigos, familiares e conhecidos. Ela odeia seu dono, embora nunca tenha sofrido abuso, deixou-a aos cuidados do vilicu da vila, um ancião liberto chamado Orseis, que cuidava dela e da pequena Claudia, a quem Gades se sente obrigada a proteger. Marco Valerio, de origem plebeia, volta para casa convertido em Pretor. Após inúmeras façanhas no campo de batalha, para conquistar novos territórios e um lugar entre a classe aristocrática, ele decide parar por um tempo em busca de um pouco de paz e sossego. Mas os deuses parecem divertir-se muito com ele, ao fazê-lo desejar, com uma intensidade desconhecida, uma das escravas hispânicas que não se lembrava de ter em sua casa e que tinha tentado assassiná-lo. Surge entre eles uma estranha relação de mestre e escravo, homem e mulher, inimigo contra inimigo. Desde o início, ele faz com que pareça que tem o poder absoluto sobre seu corpo e sua pessoa, embora ela não se entregue facilmente. Apesar de ter de submeter-se à vontade do romano, sempre consegue fazer algo que lhe dá uma pequena vitória entre a luta de vontades. Algo inesperado faz com que seja forçado a libertá-la, apesar de seu coração recusar deixá-la ir. Em pleno século II antes de Cristo, com a primeira revolta de escravos como pano de fundo, esta é a história de um pretor romano, uma escrava hispânica, um amor e um ódio, Marco e Gades. Destinados ao amor, condenados a enfrentar-se.





Fonte: Goodreads
Postado por Silvia  /  Matéria Cintia

Nenhum comentário :

Postar um comentário

CAROS LEITORES:
ESTE ESPAÇO DESTINA-SE APENAS A COMENTÁRIOS SOBRE POSTAGENS.

EQUIPE CLC



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat