Social Icons

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Série Peça-me o que quiser - Megan Maxwell



Informações sobre a Série


A Série “Peça-me o que quiser” da escritora espanhola Megan Maxwell, é um romance sobre desejo, paixão e erotismo sem limites. Lançada na Espanha em novembro de 2012, a trilogia é um sucesso de vendas no país, aparecendo em todas as listas de mais vendidos. Com tempero latino e uma abordagem excitante, a autora conta a história da secretária espanhola Judith Flores e seu chefe, o alemão Eric Zimmerman, também conhecido como Iceman, um homem muito sério e com os olhos azuis mais intensos e sexys que ela já viu.



Peça-me o que quiser - livro 1


Recém-chegado ao comando da empresa Müller, antes dirigida por seu pai, Eric tem uma atração instantânea pelo jeito divertido de Judith e exigirá que ela o acompanhe nas viagens de trabalho pela Espanha.
Mesmo sabendo que está se metendo numa situação arriscada, a ideia de estar ao lado de Iceman é irresistível. Com ele, a jovem viverá experiências sexuais até então inimagináveis, em um universo de fantasias eróticas pouco convencionais.
Conciliando sexo e romantismo na medida exata, Peça-me o que quiser é uma história de amor cheia de encontros e desencontros, na qual os jogos eróticos, o voyeurismo e o desejo de ultrapassar todos os limites do prazer são os grandes protagonistas. 








Peça-me o que quiser agora e sempre - livro 2


Decidida a se afastar para sempre de Eric Zimmerman, Judith pede demissão da empresa Müller. Para se recuperar, decide se refugiar por um tempo em Jerez, com seu pai. Desesperado com a partida de Judith ,Eric vai atrás de seu amor. Ela resiste o quanto pode, mas a atração entre eles continua forte, e as fantasias sexuais mais vivas do que nunca. Em Peça-me o que quiser agora e sempre, Judith terá que tomar a decisão mais difícil de sua vida.
O que ela realmente quer? 
Viver sua paixão é tudo o que importa? 









Peça-me o que quiser ou deixe-me - livro 3


Nesse volume da série, os protagonistas lutam para preservar sua relação. Judith está adorando ter o Iceman só para ela, e os jogos eróticos dele continuam lhe dando prazer. Eric se sente o homem mais feliz do mundo e não pode imaginar sua vida sem seu grande amor, mas os ciúmes e a superproteção do alemão são motivos de constantes brigas — Judith já não está tão certa sobre o futuro da relação.











 https://2.bp.blogspot.com/-aCllDaJOqww/V7kVhzLIyXI/AAAAAAAAbr4/ywPmmADnrDsV8m2MwEI9lAf2zDlOFdnRACLcB/s1600/mm4.png

Peça-me o que quiser e eu te darei - livro 4


Os anos se passaram. Judith Flores e Eric Zimmerman vivem em uma bela casa em Munique com os três filhos. E continuam tão apaixonados quanto no dia em que se conheceram.
O alemão e a espanhola enfrentam juntos os desafios de criar um adolescente e de manter o desejo aceso no casamento. Apesar disso, tudo parece ir bem, até o dia em que uma mulher do passado de Eric reaparece e coloca à prova todas as certezas de Jud.
Já os melhores amigos do casal, Mel e Björn, estão mais felizes do que nunca. E o advogado sonha com o dia em que a ex-tenente do Exército americano deixará de ser tão teimosa e aceitará se casar com ele.Unidos pela amizade e pelo sexo, os dois casais enfrentarão juntos as armadilhas que o destino coloca em seus caminhos. 
Será que o amor verdadeiro é mesmo capaz de vencer tudo?





Resenha da leitora DANI BUZZO


A Megan aborda dois lados totalmente opostos nesta série, pois, na minha opinião, a permissividade não pode ser compatível com a possessividade... Encontrar isso em um mesmo casal, ou casais, como a Megan mostra na série, para mim, é inimaginável!! 
 
O que eu mais gosto nos livros da Megan é que ela é uma das poucas autoras que não cria personagens femininas desprovidas de cérebro e amor próprio, muito pelo contrário, nesta série, as mulheres são fortes, decididas, temperamentais, corajosas... enfim, não se sobram para ninguém, quanto mais para os homens. E vamos combinar que elas os colocam em seus lugares direitinho.... amoooooo ver isso, pois é meio raro nos livros atuais. 
Outro ponto muito importante dessa literatura é o fato de que, do início ao fim do livro, a autora nos mantém envolvidos na trama, abordando vários pontos de conflito e oscilação de humor dos personagens. Você sente todas as emoções junto com eles. Eu gosto muito de todas as brigas da Judith e do Eric e, durante toda a história, fiquei esperando a próxima briga... Tenho que dizer que sou um pouco sádica e adoro ver as mulheres desbancarem os homens... Afe!!! 😠

Tenho que dizer que nesse jogo do "Peça-me o que quiser", sempre dá Espanha 1 x 0 Alemanha. 
Eric é um cabeça-dura, arrogante, rico, intransigente às vezes, mas extremamente passional quando apaixonado, e a Judith é exatamente o mesmo... a diferença nesse caso é apenas que ela, como boa espanhola, é caliente e impetuosa, enquanto ele tem um jeito frio de lidar com as coisas, tanto que ela o chama de "Iceman". Imagine, duas pessoas tão parecidas em termos de possessividade e altamente passionais, juntas? Pois é... é nitroglicerina pura!!! Muitas brigas e muitas reconciliações. 

Agora, o lado negativo dessa série, para mim, é a preferência sexual deles. É até difícil abordar esse tema sem parecer preconceituosa, o que não sou, mas sinceramente não sou a favor e até confesso ter certo nojo dessa coisa de swing, que, para mim, é o mesmo que orgia. Quando as pessoas transformam algo tão bonito e que pode ser tão excitante entre duas pessoas, uma mostra clara de sentimento e desejo, em promiscuidade, é muito triste. Definitivamente, não podemos confundir liberdade com libertinagem. 
Uma pessoa que tem essa doença (que para mim é uma doença, uma vez que alguém não pode se satisfazer com apenas outra pessoa que ama, me desculpem os praticantes) não sabe o que é amor, pois amor, em primeiro lugar, pressupõe cuidado, proteção e até uma possessividade bem dosada (porque ninguém é dono de ninguém). 

Como alguém pode achar normal oferecer a outra pessoa que ama e preza como seu companheiro ou companheira para a vida para outro ter relações com ela e ainda sentir prazer com isso. Isso está além do meu entendimento. Não estou dizendo que sexo tem que ser papai e mamãe... nada disso, pois, entre quatro paredes, vale tudo com o que o casal concordar, o importante é estarem felizes e confortáveis com o que estão fazendo. A verdade é que, na minha opinião, quando não há exclusividade, não há relacionamento e sim apenas relação (pode parecer gramaticalmente o mesmo, mas garanto que não é). 

Concluindo: Eric, pode ser lindo, apaixonado, pai amoroso, romântico e ter mil outras qualidades, mas, para mim, nunca iria configurar na lista dos maiores personagens masculinos da literatura erótica, pois, embora ele tenha tudo isso, no momento em que ele abre as pernas da mulher dele para convidar outro homem a "usá-la", ele me dá NOJO!

A Jud não gostava de nada disso quando conheceu o Eric e nem por isso o sexo para ela tinha deixado de ser prazeroso. E o único caso de fraqueza dessa forte mulher foi abrir mão das suas convicções e se deixar levar por esse mundo de desejos frívolos, por amor a um homem. Mesmo que a autora queira deixar claro que ela faz por opção própria, é impossível não dizer que se viu na necessidade de se adaptar a isso para manter o homem que amava a seu lado, já que ele foi totalmente sincero ao dizer que sexo apenas a dois, para ele, não tinha graça e que não conseguiria manter um relacionamento em que são tivesse Swing e Voyeurismo de vez em quando. 

Um grande contrassenso nessa trama, para mim, é a possessividade do casal fora da cama. Não dá para entender... 
* Deixar a mulher ser "comida" por outro pode, mas beijar não?
* Abrir as pernas da própria mulher, oferecendo-a para outros pode, mas, se ela abraçar, amigavelmente algum deles fora da cama, não? 
* Orgia pode, mas, se ela dançar com um amigo, não? 

Bem... dito isso, acho a Megan uma boa escritora... um pouco imediatista talvez, mas muito dinâmica. 
Leiam e opinem!!! 
Bjs 👄👄👄


 https://1.bp.blogspot.com/-k0g9WqUEsmk/WR5rdv3SNKI/AAAAAAAAhP0/7-hPoKKdEugbNZUXto2-mzwuZvF9b_-swCLcB/s1600/mmw2.jpg

Surpreenda-me - spin-off Peça-me o que quiser


Björn é um advogado atraente a quem a vida sempre sorriu. É um homem em chamas, alérgico ao compromisso, mas que gosta de desfrutar da companhia de mulheres em seus jogos sexuais. 
Melania é uma mulher de ação. Como um piloto do Exército dos EUA está acostumada a uma vida no limite, no entanto, sua missão principal é a luta como uma mãe solteira para criar sua filha. 
Quando o destino os coloca frente a frente, a tensão entre eles é evidente ... Mas o que era inicialmente um encontro hostil, vai gradualmente se tornando uma atração irresistível. Será que vão conseguir esses dois titãs vir a se entender?






 https://1.bp.blogspot.com/-zQd4WnsLngI/WR5QPZ1tp1I/AAAAAAAAhPg/vVqffjPL5dIFBXH9CWES-zv_gGHlRvIUgCLcB/s1600/mmq.png

Passe a Noite Comigo - spin-off Peça-me o que quiser


A pacata vida do brasileiro Dennis Alves, um moreno, alto, bonito, sensual – e safado –, vira de cabeça para baixo quando conhece, no voo do Rio de Janeiro para Munique, Lola, herdeira de uma instituição educacional que vive em Londres, cidade para onde Dennis está de mudança. Quando se instala na capital do Reino Unido, o moreno mantém sua “vida dupla”: de dia, ensina matemática, e, à noite, dá aulas de lambada e forró para as interessadas em aprender o molejo brasileiro. 
Em meio a essa sua rotina ele se reencontra com a fogosa Lola, uma mulher independente, decidida e ousada, que aprecia as mesmas práticas sexuais que ele, entre elas o swing. A explosão de luxúria, desejo e química entre os dois é imediata. Mas o imponderável impede que Dennis e Lola curtam a vida adoidado e o destino prega peças nos dois a todo momento, inclusive quando a paixão se instala no coração de ambos. 
Não deixe de ler essa deliciosa história de Megan Maxwell e descubra se o amor vencerá!





O Kamasutra de "Peça-me o que quiser "(Bônus)


"Peça-me o que quiser" é o que a protagonista da famosa série erótica tem tatuado em seu "canto interno". Com estas palavras cheias de erotismo e de entrega, o narrador nos convida para este guia emocionante, que abrange as cenas mais quentes da série Peça-me o que quiser. Durante o curso de 50 nomeações, você vai descobrir o que a protagonista sentia nessas cenas, que vão desde o sexo ardente até várias avenidas da exploração da dominação, dor e prazer e reviver a partir de outro ponto de vista, os melhores momentos da trilogia.

Nota 1: Este guia, que foi lançado apenas na Espanha, é contado em forma de diário no qual a protagonista de "Peça-me o que você quiser" revela seus sentimentos e os ensinamentos sexuais recebidos por seu mentor durante cinquenta noites.

Nota 2: Este livro contém  ilustrações gráficas sexuais explícitas. 



Para adquirir os livros da autora, clique em  Amazon


Fonte: Skoob, Goodreads
Postado por Bel  Matéria Josiane e Silvia

4 comentários :

Delivane Oliveira disse...

Eternamente apaixonada pelo Eric! E Jud é uma das protagonistas que mais gosto !!!

Andresa Urbino C. Lucas disse...

Como faço o download do livro 4?

Cantinho das Leitoras Compulsivas disse...

Olá, Andressa.
Infelizmente não disponibilizamos os livros, apenas os divulgamos.
Bjs,
Silvia

Luciana Brandão disse...

Amei cada livro,amor pra mais de metro.

Postar um comentário

CAROS LEITORES:
ESTE ESPAÇO DESTINA-SE APENAS A COMENTÁRIOS SOBRE POSTAGENS.

EQUIPE CLC



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Papo de Leitor (a)

Regras do Chat